Planeta Tutorial
Planeta Tutorial

Ola Visitante, Seja bem vindo(a) ao Planeta Tutorial, esta-mos em construção em breve estaremos prontos para lhe atender e fornecer-lhe tutoriais e dicas diversas para você aprimorar os seus conhecimentos e passar para outros. esperamos que você goste de nosso conteudo e se torne um Membro para poder participar ainda mais de nossas atividades. Vale também ressaltar que, Para você ter acesso aos links por ai , é necessário ser registrado, então se registre .
Se já tem uma conta no forúm,
Logue-se .
Painel de Usuario
http://planetatutorial.forumeiros.com/profile.forum?mode=viewprofile&u=-1Convidado
Mensagens: 0


Alterar
Ver
Tópicos e mensagens
Menu
Redes Sociais
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Translate
Últimos assuntos
» Regras da Área de pedidos
Ter 28 Jun 2011 - 17:31 por Admin

» Efeito Glow
Seg 27 Jun 2011 - 17:39 por Admin

» Efeito Brilho Suave nas fotos
Seg 27 Jun 2011 - 17:33 por Admin

» Arte geométrica com Photoshop
Seg 27 Jun 2011 - 17:31 por Admin

» Efeito Varinha Mágica no Photoshop
Sab 25 Jun 2011 - 15:20 por konan

» Montagem multicolorida com tintas e efeitos diversos
Sab 25 Jun 2011 - 15:18 por konan

» Linhas luminescentes no Photoshop
Sab 25 Jun 2011 - 15:17 por konan

» Segredos sobre design de site
Sex 24 Jun 2011 - 23:00 por konan

» Hardware para iniciantes, parte 5
Sex 24 Jun 2011 - 22:41 por konan

Estatísticas
Temos 26 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de kaironborges

Os nossos membros postaram um total de 144 mensagens em 142 assuntos
Radio Jovem Pan
Relogio
Outubro 2018
SegTerQuaQuiSexSabDom
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031    

Calendário Calendário

Visitou

Hardware para iniciantes, parte 4

Ir em baixo

Tutoriais Hardware para iniciantes, parte 4

Mensagem por konan em Sex 24 Jun 2011 - 22:40

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

O componente mais importante de qualquer
PC não é o processador e nem mesmo o HD, mas sim a placa-mãe, que é a
responsável pelos barramentos e toda a comunicação entre os componentes.
Se um PC fosse um organismo vivo, o
processador, memória e HD formariam as diferentes áreas do cérebro,
enquanto a placa-mãe seria todo o resto do corpo, incluindo os órgãos
vitais.

Devido à enorme quantidade de chips,
trilhas, capacitores e encaixes, a placa-mãe também é o componente que,
de uma forma geral, mais dá defeitos. É comum que um slot PCI pare de
funcionar (embora os outros continuem
normais), que instalar um módulo de memória no segundo soquete faça o
micro passar a travar (embora o mesmo módulo funcione perfeitamente no
primeiro) e assim por diante.

A maior parte dos problemas de
instabilidade e travamentos são causados por problemas diversos na
placa-mãe, por isso ela é o componente que deve ser escolhido com mais
cuidado. Em geral, vale mais a pena investir numa boa
placa-mãe e economizar nos demais componentes, do que o contrário.

A qualidade da placa-mãe é de longe mais
importante do que o desempenho do processador. Você talvez nem perceba
uma diferença de 20% no clock do processador em atividades do dia a dia,
mas com certeza vai perceber se o seu
micro começar a travar ou se a placa de vídeo onboard não tiver um bom
suporte no Linux, por exemplo. Ao montar um PC de baixo custo, economize
primeiro no processador, depois na placa de vídeo, som e outros
periféricos. Deixe a placa-mãe por último no
corte de despesas.

Antigamente existia a polêmica entre as
placas com ou sem componentes onboard, mas hoje em dia isso não existe
mais, pois todas as placas vêm com som e rede onboard. Apenas alguns
modelos não trazem vídeo onboard, atendendo
ao público que vai usar uma placa 3D dedicada e prefere uma placa-mãe
mais barata, ou com mais slots de expansão, do que com o chipset de
vídeo onboard que de qualquer forma não vai usar.

Essa mesma tendência tem se demonstrado
também nos chipsets. Dentro da linha da Intel, por exemplo, os chipsets
das linhas "X" (como o X48 e o X58) e "P" (como o P45 Express e o P55
Express) que são os modelos destinados a
estações de trabalho e PCs de alto desempenho, não possuem vídeo
onboard, que é incluído apenas nos chipsets da linha "G" (como o G35 e o
G45) que são destinados a PCs de baixo custo.

A principal característica em qualquer
placa-mãe é o soquete usado, que determina com quais processadores ela é
compatível. Você não pode instalar um Athlon 64 soquete 754 em uma
placa AM2+ ou AM3 atual, nem muito menos
encaixar um Phenom II em uma placa LGA-775 para processadores Intel.

Entretanto, o soquete é apenas a ponta
do iceberg, consequência de outras diferenças estruturais, tais como o
chipset e outros componentes usados. Uma nova geração de processadores
exige quase sempre uma nova geração de
placas, com novos chipsets, novos layouts de trilhas e novos soquetes.

Em seguida temos o conjunto de
conectores oferecidos pela placa, que determinam as possibilidades de
expansão e fornecem uma ideia geral sobre o segmento à que a placa se
destina. Placas mais caras oferecem quase sempre um
conjunto mais completo de interfaces, com dois ou três slots PCI Express
x16 (para o uso do CrossFire ou SLI), com mais portas SATA e USB,
enquanto placas de baixo custo oferecem um único slot x16 e um número
menor de interfaces.

Placas antigas não possuem slots PCI
Express nem portas SATA, oferecendo no lugar um slot AGP para a conexão
da placa de vídeo e duas ou quatro portas IDE para a instalação dos HDs e
drives ópticos. Temos ainda soquetes para
a instalação dos módulos de memória, o soquete do processador, o
conector para a fonte de alimentação e o painel traseiro, que agrupa os
encaixes dos periféricos onboard, incluindo o conector VGA ou DVI do
vídeo, conectores de som, conector da rede e as
portas USB:



Placa LGA775

O número de slots de memória,
multiplicado pela capacidade máxima por módulo suportada pelo chipset,
determina o máximo de memória suportada pela placa. Uma placa com apenas
dois slots, cujo chipset suporta módulos de até 4
GB, por exemplo, suporta um máximo de 8 GB. Placas antigas (sobretudo as
com chipsets Intel) tendem a suportar pouca memória, o que limita
bastante as possibilidades de uso. Um bom exemplo eram as placas para
Pentium III baseadas no chipset i815, que
suportavam apenas 512 MB.
avatar
konan
Uplouder
Uplouder

Respeito às regras : Respeito as regras 100%

Mensagens : 59
Reputação : 0
Data de inscrição : 13/06/2011
Idade : 26

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum